Verificação de BadBlocks em sistemas Linux (Debian / Ubuntu)

Problemas com HD (Hard Disk) podem ocorrer durante algum tempo de uso, aplicações que utilizam muito I/O (Input/Output) como por exemplo: SGBD (Sistema gerenciador de banco de dados), estas aplicações: (MySQL, PostreSQL, Oracle entre outras), fazem muita leitura/gravação no disco rígido e com o tempo o mesmo pode enfrentar sérios problemas, existem inúmeras outras aplicações que utilizam o disco rígido de forma excessiva com alto nível de I/O, neste artigo citamos alguns SGBD de exemplo de uma aplicação que utiliza leitura/gravação no disco rígido à todo momento.

 

Observações:

O modo de teste GRAVAÇÃO é mais lento, porém a verificação é mais completa e gasta mais tempo, dependendo do tamanho da partição, o processo pode levar mais de 1h. Efetue um teste por vez, leitura ou gravação, a aplicação badblocks ignora duas operações simultâneas.

 

Análise de BadBlock no disco rígido

1- Antes de iniciar o processo de verificação da área defeituosa do HD, é preciso escolher uma das partições contidas no sistema Linux para efetuar o teste de verificação de badblock, para isso utilize o comando:

fdisk  -l

O retorno do comando anterior será semelhante ao da próxima ilustração:

 

 

 

 

 

 

Em nosso teste de verificação, iremos utilizar a partição: /dev/sda2

2- Execute o comando a seguir para efetuar a verificação de teste por BadBlocks, este teste irá testar apenas “LEITURA”

badblocks -sv -c 1024 /dev/sda2

Resultado do teste de BadBlock (Modo LEITURA)

 

 

 

3- Execute o comando a seguir para efetuar a verificação de teste por BadBlocks, este teste irá testar apenas “GRAVAÇÃO”

badblocks -nsv -c 10240 /dev/sda2

Resultado do teste de BadBlock (Modo GRAVAÇÃO)

 

 

 

 

Conclusão:

Conforme podemos ver nas ilustrações nos testes de LEITURA e GRAVAÇÃO, recebemos o retorno da aplicação badblocks: “Pass complet, 0 bad block found. (0/0/0 erros)”, ou seja! O HD passou nos testes de verificação de bad block, caso em seu HD o mesmo apresente algum tipo de erro, a boa prática é: “Substituir o HD, o mais breve possível”.